Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2007

Acabou?

Não vou ser egoísta.
Não vou pensar apenas em mim.
Não.
Não cometerei os mesmos erros que você.
Não.
Não vou e nem quero fazer isso.
Vai.
Vaise vangloriar pela beleza dos outros.
Não posso dizer que não exista a interna, pois sou leiga no assunto.
Vai.
Vai ser feliz da maneira que você achar conveniente.
Não vou, não tenhodireito e nem poder para te impor limites e regrar sua liberdade.
Faz o que bem entender.
Segue o caminho que achar melhor.
Só espero que tenha plena certeza do que está fazendo.
Dessa vez não haverá volta.
E nem recomeços.
Apenas um fim.

=/

Nem sei o que sinto.
Tristeza?
Acho que muito forte.
Raiva?
Não. Muito perigoso.
Estou insatisfeita com o que vem me acontecendo.
Talvez "decpcionada comigo mesma" seja a frase certa.
Não consigo ver meu erro.
Não consigo enxergar porque as coisas tomam esse sentido quando o assunto sou eu.
Nãosei o que acontece.
Quero descobrir.
Quero saber o porque disso tudo.
E quero mudar.
Sim.
QUero mudar o sentido que as coisas estão tomando.
Quero ficar satisfeita comigo mesma.
E para isso preciso dessa mudança.
E se o erro não estiver em mim?
Nesse casonão posso fazer nada.
A não ser aceitar.
Não entender.
Mas aceitar.
Estou esperando que tudo mude.
Estou esperando que alguém apareça.
QUe alguém me ajude nessa transformação.

=x

~*Vivo numa constante de sentimentos sobre distintas pessoas.
Não queria que fosse assim.
Não queria causar a impressão que não é a verdadeira
Não queria gostar de várias pessoas
Pode ser por medo de perder
Por medo de ficar sozinha..
Devo crer que sendo assim, sempre vou ter uma esperança.
Não queria que fosse assim.
Mas não luto pelo contrário.
Então, tudo permanece o mesmo.
É dificil lidar comesse turbilhão de emoções que me toma em determinados momentos.
Nãosei o que acontece.
E quando me dou conta, já me deixei levá-las por elas.
Impulso.
Pode ser o conceito para isso.
Talvez não.
Só sei que não há arrependimentos diretos.
E que também só queria te rum foco.
Um caminho.
Uma pessoa a quem eupudesse me doar sem medo..
Sem confusão.
Mas vou esperar..
Até que alguém apareça de algum lugar e me tenha por inteiro enquanto durar.

Esperança...

Aqueles olhos tristes e sofridos me demonstram ocontrário.
Falta de uma familia.
Falta de um brinquedo.
Falta de uma infância.
Falta de comida.
Falta de educação.
Falta de esperança!

=O

Dando voltas na minha cabeça...
Você não cansa de fazer isso??
Ando confusa
Ponto final?
Ponto de continuação?
Sempre que estou certa da atitude que tomar, você me oferece opções contrárias.
Meus pensamentos de contradizem
Porque não consigo terminar?
Porque quando me olha daquele jeito
Daquele jeito que você conhece perfeitamente
Eu não consigo dizer não?
Eu não consigo parar de pensar em nós dois?
A atração ultrapassa os limites que eu mesma coloquei
Como pode?
Como pode alguém ter esse poder de dominio sobre mim?
Eu não ocnsigo me controlar
Eu te queroo
Muitooo
Eu não queria te querer mais eu te quero
É o mesmo que lutar contra o passar do tempo
E sempre perder.
E admito a minha ausência de vitória quanto a isso
Logo eu?
Ainda não acredito que estou vivenciando isto
Aquela que se faz de durona, que dá conselhos, que finge não dar mportância a ninguém...
Você conseguiu...
Parabéns!
Arriscar...
Acontece a todo momento que estamos juntos
Eu arrisco a perca de vários elementos importantes pra mim, por você.
Infeliz…