segunda-feira, 29 de março de 2010

-'. a idéia de uma amizade ideal.

Um amigo ideal, como seria?
Acostumada com a imperfeição, fica difícil julgar o que seria perfeito.
Mas ainda assim, vou tentar.
Sou rodeada por pessoas que possuem muitas qualidades que se incorporam no idealismo perfeito.
Eles me deixam felizes por pouco, bem pouco.
Seja jogando uma partida de buraco, ou apenas conversando em algum lugar.
Seja fazendo um almoço de última hora, ou assistindo um filme qualquer.
Seja fazendo algo de interessante, ou seja fazendo exatamente nada.
Seja se maquiando só pra tirar foto, ou seja olhando as estrelas.
  - Um possue aquela força, que me direciona a exercitar minha inteligência, e a usá-la da melhor maneira.
- Outro, vive falando coisas engraçadas a todo momento, fazendo com que minha alegria e alta-estima andem em níveis elevados.
  - Um já morou comigo, já dividimos todos os momentos, sejam bons ou ruins, e sempre esteve do meu lado pra tudo.
- Outro, mesmo longe, sempre se faz presente na minha vida acompanhando e sabendo de tudo que se passa.
  - Um sempre me admirou, vivíamos numa constante sintonia e erámos confidentes um do outro.
- Outro, está sempre do meu lado, me ouve e mesmo com desavenças passadas que já vivemos, hoje é mais que especial.
  - Um é meu irmão, vive comigo, trocamos histórias, conselhos, é alguém que eu amo verdadeiramente.
Amizade ideal seria aquela verdadeira, aquela onde o amor mútuo e o companherismo andam lado a lado.
Seria aquela em que pudessémos repousar nossas cabeças no momento que mais precisamos e nos sentirmos melhor,  aliviados só pelo abraço caloroso.
Amizade ideal é dividir muitos momentos juntos, é chorar quando o outro sofre, é dar força quando o outro precisa, é mesmo só, sentir-se junto, sentir-se acompanhado, ou por uma msg, um telefonema ou um pensamento.
Amizade ideal, é comprar um presente e dentro da loja, já poder imaginar o sorriso sincero do outro. É doar-se. Não julgar, apenas aconselhar e tentar entender os erros. É nunca abrir mão de alguém, pelo contrário, é acompanhá-lo em todas as cirscunstâncias.
Amizade ideal, é poder sentir-se seguro, sempre com os pés no chão.
  - Um possue aquela mania de algumas vezes ser frio, chato, não falar direito como se tivesse feito algo cruel a ele, mas isso logo passa, e além de achar estranho, já me acostumei a dar o tempo que ele precisa pra voltar ao normal.
- Outro as vezes leva tudo na brincadeira e é capaz de mim levar a degraus elevados de stress continuo.
  - Um ás vezes não me entende, acha que devo fazer o que acha certo, assim querendo que passe por cima de sentimentos que estão aqui dentro.
- Outro, deixar claro sua opinião contrária a certos assuntos,  mas fica contente quando estou bem e me dar esporro quando estou triste.
  - Um me irrita quando mente por coisas bobas, e quando não consegue exprimir o sentimento de forma entendível para todos.
- Outro, quando ligo com voz de choro não consegue identificar que estava chorando e diz que precisa durmir, me deixando só.
  - Um insiste pra meu namorado ir por's reggaes com ele e sem mim, e me deixa puta da vida quando fica enchendo o saco.
Respectivamente meus amigos possuem essa qualidades e defeitos. Alguns que ainda me incomodam, alguns que já superei.
Além de ter idealizado uma amizade ideal, estou muito feliz com os amigos que possuo.
No conjunto, uns conseguem equilibrar a falta que os outros fazem em alguns pontos, e isso me deixa equilibrada e satisfeita com o amor que me é direcionado e demonstrado.
A amizade é pra isso mesmo, fazer nos sentir amados e nunca sozinhos.

A amizade é o amor que nunca morre!
Mário Quintana

quinta-feira, 25 de março de 2010

-'. bbb

-'. Gente, estou abismada com o que acabei de ler.
Estava no orkut e uma amiga minha entrou na comunidade " Saída de Anamara foi roubo" que apareceu nas atualizações, cliquei e fui ler os tópicos.
O povo estava efusivamente trocando "elogios" nada agradáveis porque uns discordavam e outros não.
Mais uma vez, está mais que estampado o quanto a mídia consegue influenciar na vida das pessoas.
Eu fiquei chocada com as mensagens enviadas.
Como pode? Como pode um programa que não nos leva a nada, revirar as cabeças das pessoas a esse nível?
A um nível de revolta, como se qualquer um deles fossem do mesmo sangue, ou uma pessoa que você convive e ama verdadeiramente.
Como se o Brasil atualmente se resumisse a isso. Eles ganhando ou não o prêmio de 1,5 milhões, vão ficar ricos, famosos, cobrando alguns mil pra aparecer numa festa qualquer.
Acorda povo.
Uma coisa é assistir, é olhar, dar risada, achar engraçado. Outra coisa é ficar 'abidolado com um programa que não leva ninguém a nada.
O programa vai acabar, eles vão ganhar o dinheiro deles e o resto do Brasil vai continuar na vida deles, seja uma vida pobre, de classe média ou rica.
Infelizmente as pessoas ainda deixam se envolver de forma muito explicita e muito fácil com o que a mídia querem que elas se envolvam. Elas ainda não tem capacidade de enxergar, que estão sendo fantoches comandados por muita gente que ganha dinheiro as custas deles.
Está na hora de acordar!

quarta-feira, 24 de março de 2010

-'. o poder das palavras

As palavras sempre ficam.
Se me disseres que me amas, acreditarei.
Mas se me escreveres que me amas, acreditarei ainda mais.
Se me falares da tua saudade, entenderei.
Mas se escreveres sobre ela, eu a sentirei junto contigo.
Se a tristeza vier a te consumir e me contares, eu saberei.
Mas se a descreveres no papel, o seu peso será menor.
Lembre-se sempre do poder das palavras.
Quem escreve constrói um castelo, e quem lê passa a habitá-lo.

Silvana Duboc

Pra quem vive nesse mundo de palavras...

terça-feira, 16 de março de 2010

-'. transbordando de emoções.

-'. Parece que o terremoto passou.
Ainda sobrou alguns cacos, coisas jogadas ao chão, meio confusas. Mas a sensação de alívio inibe qualquer bagunça que pode ser arrumada. A sensação de alívio dá o prazer de poder arrumar tudo, por cada coisa em seu devido lugar.
Hoje estou feliz, mas ainda acho que a melhor palavra é aliviada.
Sem aquele aperto no coração e mãos geladas de ontem.
Hoje estou quente, leve.
Pedi tanto que Ele pudesse me ajudar a resolver tudo, e a resposta chegou em forma de alívio, em forma de dá o primeiro passo, chegou de forma sensata. E Ele me deu todas as felicidades de uma vez só.
Estou transbordando de emoções boas!!
Muito obrigada!
Ontem aconteceu tantas coisas, tantas mudanças nítidas aos meus olhos, a minha vida.
Acho que por um bom tempo continuarei assim.
Quente... sem tontura, sem mãos frias, sem coração palpitando de nervosismo.
Acho que agora, minha vida engatou a primeira e vai seguir conforme a superação de cada limite.

segunda-feira, 15 de março de 2010

-'. reconciliação

-'. Camila me respondeu ao e-mail, conversamos e conversamos.
Nos entendemos, além de ainda discordar em alguns pontos.
Não temos mais aquela amizade de anos atrás, até porque não somos as mesmas pessoas de ano atrás e nem vivemos em anos passados.
Mas enfim, acho que ela ainda guarda mágoa do que acha que tem que guardar.
Sinceramente eu não sou rancorosa, e tenho capacidade de hoje chegar e dar aquele abraço gostoso de receber nela, tenho mesmo.
Mas não vou fazer isso, tenho medo da reação do outro lado.
Realmente parece que o vazio da nossa relação surgiu, com a chegada de um amor na minha vida.
Ela nunca aceitará, mas espero que agora entenda ao menos.
Não existe coisa pior, do que ficar dividida entre duas pessoas que vc ama.
E realmente eu não vou ficar!
Espero que o tempo faça com que esqueçamos as coisas que se passaram, porque realmente ele não cura nada, ele deixa tudo adormecido.
Estou melhor agora, basta agora conversar com minha Tia.

Beeeijos

-'. está tudo bagunçado.

-'. Como disse a mais ou menos dois dias atrás, saí na sexta.
Foi maravilhosoo.
Me divertiir muito, dei risadas, bebi, fiz tudo o que eu queria, menos ver o por do sol.
No sábado, acordei tarde, meio puta da vida, por terem viajado sem mim e nem ao menos terem me dado uma justificativa, mas superei.
Fiquei na net com as amigas, dando muuuitas risadas e combinando a nossa saída de noite.
A única que n estava presente na conversa, foi Camila.
Ligamos pra ela, pra que ela pudesse sair com a gente de noite também, já que a uma semana atrás tínhamos combinado isso.
Ela disse que tinha de certa forma brigado com o paquerinha porque tinha marcado de sair com ele, já que tinha esquecido do nosso combinado, mas que iriaa com a gente, além de deixar margem pra gente pensar que ela não iria.
Enfim, ela me retornou a ligação e disse que ia, só que o carro não tinha chegado ainda, pois estava na mão de um tio dela.
Ficamos de nos arrumar e descer pra casa dela prontas, pra esperar por ele ou dar um jeito de sair.
Quando estou descendo pra casa dela, eu e Itana, vi uma mensagem dela e uma mensagem de Larissa, a outra amiga que iria sair com a gente.
A de Camila dizia: " Júlio(tio dela) ainda não chegou. estou aqui em casa com Matheus, Diego, Maria e Sinho. Não vou mais..." exatamente as 21:00, o que me dar margem a pensar que ela só estava esperando chegar a hora combinada pra dizer isso.
A de Larissa dizia:" Arranjei um jeito de irmos, Linda me ligou agora. Se Camila n for, já temos como chegar lah."
Isso, eu estava chegando na casa de Camila, quando buzinei, estavam todos na frente da casa, jogando baralho, inclusive minha tia, a mãe dela. Na hora que eu e Itana aparecemos todos riram da nossa cara, perguntando para onde iríamos.
Não gosteii muito da recepção.
Nisso, disse que iria sair e me virei pra Camila ( que estava com roupa de casa, sentada na mesa do baralho, sem ao menos ter tomado um banho ou se arrumado com a gente tinha programado), ela nem deixou eu falar nada e foi logo diznedo:
" Júlio n chegou ainda, estou sem carro."
Eu disse: " Camila Larissa arranjou carona pra gente."
Ela explodiu como se estivesse com toda a razão do mundo, diznedo:
" Vocês são assim mesmo, porque vocês não me avisaram??"
Tentei explicar que recebi a msg dela e a de Larissa juntas quando estava a caminho pra casa dela, e que ela já deveria estar arrumada.
Ela começou a falar alto e eu me stressei.
Disse que ela não queria ir mesmo, porque se quisesse ir teria feito algum esforço, e não fez nenhum.
Saíi com Itana pra casa de Larissa revoltada, e creio que com razão.
Fiquei chateada, por além dela não querer ir, ainda tentar por a culpa dela não ter ido na gente, que estávamos correndo o dia todo atrás dela.
Resumindo, saimos, damos risadas, nos divertimos e foi muito bom.
Chegou o domingo.
Combinamos de ir pra casa de Nana, beber e resenhar da noite anterior.
Fizemos isso.
Liguei pra Camila e deu na caixa, e sabia que ela não iria, pois no domingo  uma tia dela faria um almoço de aniversário e ela iria.
Mas mesmo assim, ligamos, pra não deixar transparecer que estávamos excluindo ela, e não era isso mesmo.
Encontramos com ela quando estávamos saindo da casa de Nana, ela e o paquerinha dela.
Ela malmente falou com a gente, deu um "oi" super sem graça, a mim, a Lorena e a Itana e um abraço que soou falso em Larissa.
Ficamos chateadas, é óbvio, mas passou.
A noite mandei um e-mail pra ela falando tudo que falei aqui, expondo meu ponto de vista e dizendo que só estava fazendo isso por consideração e por gostar muito dela.
Ela ainda não respondeu e está on agora no google talk.
Vou esperar.
Como já disse antes, sempre vou com Dan pro trabalho.
Quando cheguei na porta da casa dele, tia Tânia estava saindo, eu falei: " Benção a minha tia, tudo bom?"
Ela simplesmente nem olhou pra minha cara e disse: " Bom dia!" ,  com a voz mais mal-humorada que alguém possa ter.
Fiqueii chateada, ela entrou no carro e saiu.
Allgo mandou eu ligar pra Danilo, coisa que nunca faço, apenos espero ele sair de casa.
Ele disse que já havia saído e que a mãe dele ainda estava aí. (Sempre que ele sai mais cedo, ela me leva, no caso, levava).
Simplesmente desliguei o celular, e fui pro meu ponto de ônibus.
Velho, se ela não quisesse me levar, beleza!!, mas pelo menos falasse: "Cachorro, Danilo já saiu."
Nem isso ela fez, e não dei motivos pra ela me tratar dessa forma, quer dizer, pra ela me destratar desse jeito.
Não queria chaamr ela pra conversar, mas ontem um amigo me incentivou a isso.
Daqui a pouco vou ligar pra loja e vou conversar com ela.
Quero ao menos saber o que fiz, pra ela estar me tratando assim.
Estou muito chateada, muito mesmo!

sexta-feira, 12 de março de 2010

-'. vulnerabilidade

-'. Estou me sentindo como apenas alguém batendo e batendo numa porta, onde não há ninguém do outro lado.
Hoje estou triste, decepcionada, chateada.
Ultimamente tenho me incomodado tanto com comentários alheios, com palavras que se direcionam a mim.
Como se não bastasse um stress ontem a noite com o dito cujo, hoje ainda tenho uma amiga (Camila) pra enxer meu saco.
Chegou hoje de manhã me perguntando se tava chateada com a mãe dela, eu disse que não. E não estou mesmo!!
Tudo isso, porque semana passada o pai do dito( no caso meu tio bem longe), ter dito que não aceitaria nosso relacionamento enquanto não assumissemos que estávamos namorando.
Mas que merda, NÓS NÃO ESTAMOS NAMORANDO!
O namoro terminou no fim do ano.
É difícil de entender?
O problema não está ai, (em partes, porque agora quero voltar a namorar) mas sim na forma que todo mundo tende a por o nariz na minha vida.
Se tem algo que odeio, ai está.
Não fui na casa dele no fds, até porque me senti ofendida dele ter dito que não aceitaria isso na casa dele.
Não vou deixar de ir lá, mas enquanto ele tiver presente não irei, até a mágoa passar.
Voltando, depois disso ela ( minha tia, mãe de Camilaa e do meu dito, Danilo) se resumiu a me dar um 'bom dia', sem graça, e só.
Eu obviamente me resumi a isso também, pra mim ela tava chateada comigo ou coisa do tipo.
Meu aniversário veio chegando, resolvi de última hora fazer um jantarzinho e um bolinho. Como o niver era segunda, de quinta pra sexta comecei a chamar os convidados.
Ela viajou na sexta e só voltou no domingo.
Não a vi, e só fui vê-la na segunda-feira (dia do meu niver). Falei com ela do jantar e talz, e ela já sabia de tudo, pois minha mãe já tinha falado com ela.
É da família.
Ela ficou chateada porque falei com ela em cima da hora e ainda disse que estava diferente com ela.
Não acho que ela precise de um convite formal, até porque ela já sabia, e ainda assim, nunca me convidou pra nenhum niver dela, afinal não precisa! Porque comigo tem que ser diferente?
Camila veio me tirar pergunta hoje, e realmente eu fiquei puta da vida.
Não com uma ou com outra, mas sim pelas pessoas tirarem suas próprias conclusões e depois simplesmente por a culpa em mim.
Todo dia, uma coisinha aqui, uma coisinha ali.
Isso cansa, e estou cansada.
Hoje Camila veio me dizer, que é porque quando eu brigo com Danilo eu sumo e esqueço de todo mundo. Como se fosse por isso que eu sumi, e não foi.
Não tenho que ficar aturando alguém ficar dando palpite na minha vida e ainda falar que não aceita na casa dele ( toda razão ele aceitar ou desaceitar as coisas dentro da casa dele) por isso, prefiro me privar de dar lugar a se meterem na minha vida.
Se o problema é a casa dele, não vou mais lá, ou diminuo a frequência, não durmo mais lá e pronto.
Estou muito chateada.
Muito chateada por sempre ser a culpada por tudo, por sempre ser mais fácil por a culpa em mim, como consequência de meu relacionamento com Danilo.
Chateada porque, se eu chegar e não quiser falar com ninguém, adivinha de quem a culpa?
Se eu tiver chorando?
Se eu tiver passando mal?
Se eu não quiser dançar?
Claro, claro, é o Danilo. ôh como Jacqueline é besta e não vive a vida resumida em Danilo!
Arg
Ainda me chateei com o Danilo hoje, por na segunda ele não ter faltado a faculdade pela aula de Desenho que é mais que fácil, e hoje aniversário de uma amiga nossa falta-la, sendo que tem aula de Física e Cálculo 2. Segundo ele, a única aula de Desenho seria na segunda e as últimas matérias ele tem mais dias na semana.
Mas ainda não me conformo, ele sabe que eu já tive essa matéria e que seria moleza ajudá-lo.
Pedi tanto que ele faltasse a facul na segunda...
Fiquei chateada, parece dar mais importância do que a mim, entendem?
Posso até está sendo egoísta, mas é o que estou sentindo.
Eu estou muito vulnerável a tudo nesses dias.
Estou me afetando muito, e isso é ruim.
Vou sair com um amigo, beber, ver o mar, dar risadas.
Nem sei se vou no niver de Liza, talvez passe lá.
Só quero sumir por um tempo!

segunda-feira, 8 de março de 2010

-'. 02 décadas


Hoje completo 20 anos...
20 anos regados de aprendizado...
20 anos regados de supresas...
20 anos regados de derrotas...
20 anos regados de experiências...
20 anos regados de superação...
20 anos regados de momentos felizes...
20 anos regados de decepção...
20 anos regados de mudança, e uma mudança constante...
20 anos regados de Jacqueline.
Fico impressionada com a quantidade de vezes que desfrutamos de cada sentimento, de cada emoção diferente. São muitas as vezes.
Um aniversário nunca mecheu tanto comigo.
Não sei porque, mas ando tão feliz por Deus e eu mesma ter me presentiado com essa oportunidade de viver 02 décadas ao lado de pessoas que me acrescentam e infelizmente de pessoas que me desgastam.
Esse ano vem cheio de surpresas pra mim, cheio de vitórias muitas vezes duvidosas para muitos, mas elas vem chegando e não param de chegar.
E só tenho agradecer por isso.
Agradecer as pessoas que me ajudam constantemente no decorrer desses anos.
Agradecer as pessoas que duvidaram de mim, pois só me fizeram e fazem ter incentivo para ultrapassar barreiras e mostrar que sou capaz, elas só servem pra me dar força, só me fazem criar coragem para subir o primeiro degrau de um escada vasta de experiências, superação e sucesso.
Agradecer a Deus, por ter deixado e estar deixando eu sempre fazer minhas próprias escolhas, muitas vezes pedindo sua orientação para que me encha de sabedoria.
Agradecer a Deus, por minha querida Avó, estar do meu lado e por estar deixando que eu cuide dela, como ela cuidou de mim, talvez um pouco menos, talvez com menos jeito e menos dedicação, mas ainda assim cuidando!
Hoje pela manhã, perdir meu ônibus depois de 30min esperando, já estava atrasada e quase me stresso. Só que um senhor muito meigo chegou pra mim e disse: ' Não fique revoltada, talvez tenha sido um livramento de Deus, talvez você não precisasse passar por algo que iria passar, agradeça por o ter perdido..."
Agradeci a Deus, além de ainda preocupada com o horário. Ele foi meu anjinho hoje, uma pessoa que me fez pensar e pesar as coisas de forma diferente.
Engraçado como sempre tem alguém pra te confortar e te dar um pouco de sabedoria no nosso dia-a-dia, inclusive quando são pessoas desconhecidas. Isso meche comigo.
Além dos 20 anos ter chegado, como sempre, não vemos mudanças gigantescas em nós mesmos.
Vejo uma pessoa que vem se transformando e tentando se adequar ao que acha certo, ao que crer que seja certo pra ela.
Vejo uma pessoa que está evoluindo com o passar do tempo, e que mesmo com dificuldades ela pode ver um futuro promissor, um amor verdadeiro e amizades duradouras.

Queria parabenizar a todas as mulheres, pois afinal hoje é o Nosso Dia!! O meu em dose dupla, tudo bem!

=D

domingo, 7 de março de 2010

-'. algumas horas antes das 2 décadas!

-'. Estou feliz.
Além de saber que mesmo sem sono já deveria estar dormindo, pois amanhã além do  dia vai nascer mais colorido, ele não vai deixar de ser uma segunda-feira, onde é necessário acordar cedo, trabalhar...
 Gente vou dormir, me preparar pra o meu grande dia e o dia de todas as mulheres amanhã.
=]

Só vim, porque bateu uma vontade, amanhã escrevo de verdade.