Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

~'. Para uma certa amiga...

Estou dividida em dois pedaços.
Em dois pedaços de dúvida e confusão.
Em dois pedaços de amor e querer.
Em dois pedaços tão diferentes e que ao mesmo tempo deveriam ser iguais.
Deveriam ser complementados ou até unidos por algum laço.



O tempo nos acomoda.
Nos enche de certezas que podem ser incertas ao ser vista por outro modo.
O tempo faz com que nos apeguemos a alguns detalhes, nos força a criar um começo de certezas.
Ele nos dá a possibilidade de criar planos, e conseguimos voar pra eles em certos momentos.
Desfrutamos, sentimos e voltamos querendo torná-los concretos a qualquer custo.


Ps.: Minha amiga, leia. E tente ver as certezas por um outro ângulo.
 Tente não ter tanta certeza.
 Infelizmente, há planos que não concretizam. Mas não estou dizendo que algum dia eles não se concretizem.
 Quem acredita, sempre alcança. - Muitas vezes.
 Só não se iluda demais...

(L)

~'. =D

~'. Não ando mais naquela necessidade de escrever sempre como fazia antes.
Meu jardim anda tão colorido, florido, perfumado.
E ando exaltando isso pra os sete mundos.
Não tenho mais ficado sufocada, querendo desabafar.
Meu desabafo está sendo diariamente, com sorrisos, atitudes, mesmo depois de um dia cheio.
Ultimamente só tenho vivido bons momentos, agradáveis e dignos de se viver.
Tenho explanado tanto essa felicidade exacerbada, que me falta palavras pra defini-la.
Já vivi tantos momentos ruins, desagradáveis e desastrosos, que parece que a vida está dando um tempo pra mim.
Um tempo de trégua, de flores, de amor.

Recebi uma ótima proposta, e agora vou poder finalmente começar a Engenharia Elétrica numa faculdade conceituada.
Isso me deixa tão feliz, estonteante.
Sempre fui boa nos estudos, sempre adorei estudar ( tirando um ano do curso de Mecatrônica que não estava "nem aí" pra nada).
E tudo que mais quero, é meu diploma de engenheira na mão, e se Deus quiser, uma be…