quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

~°Um dia!


Um dia descobri que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.Eu não só não esquecia a outra como pensava muito mais nela...
Um dia descobri que para conseguir ser feliz com outra pessoa, eu devo não precisar dela.
Um dia descobri que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebi que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebi que o comum não me atrai...
Um dia saberei que ser classificado como a "boazinha" não é bom...Porque nunca se pode fazer o que tem vontade, pelo simples fato de me tacharem de algo que eu em algum momento não vou querer ser. Até porque quem realmente me conhece sabe que não sou "boazinha" e que em momentos algum tive vontade de ser.
Um dia perceberei que a pessoa que não me liga pode ser a que mais pensa em mim...
Um dia saberei a importância da frase:"Eu sou realmente responsável pelo que eu conquisto!
Um dia percebi que gostar de mim, cuidar de mim e principalmente gostar de quem gosta de mim é o que mais importa.
Um dia percebi que somos muito importantes para alguém mas não damos valor... =/
Um dia percebi que aquele que amamos(ou achamos que amamos) e que não quer nada com a gente, não é a pessoa certa para nossa vida.
Um dia percebi que não precisamos correr atrás de ninguém e sim fazer com que eles venham até a nós.Porque nem sempre achao quem estou procurando, mas tenho mais chances de achar quem estava procurando por mim. =]
Um dia percebi como aquele amigo me faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobri que apesar de poder viver quase 100 anos, esse tempo todo não é suficiente para realizar todos os meus sonhos, para dizer tudo o que tem de ser dito, pra ser perdoada por quem fiz algum mal, pra fazer o bem necessário...
O jeito é: ou me conformo com a falta de algumas coisas na minha vida ou luto para realizar todas as minhas loucuras, as minhas idealizações e desejos...
Pois é difícil alguém que não compreender um simples gesto compreender essa longa explicação de todos os casos e acasos que ocorrem durante um longo período da nossa vida, que na realidade se torna curto demais para podermos nos dar conta do estrago ou do grande sucesso que causamos.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Jacqueline Soares


É amore, pra compensar estou aqui não pra mostrar que gosto de vc...pois isso faço todos os dias, principalmente de segunda a sexta =p
Mas...vou avisar logo que não sou bom com essa onda de escrever, principalmente quando é de alguém tão próximo de vc.
Só que senti a vontade de fazer isso, por que a escola acabou e as férias estão na porta já, e quero que vc saiba que amizade assim não se acha todo dia, portanto num vá perder a oportunidade viu?! uhauhauha É serio nega, num me esqueça não, senao vou chorar.
Desse jeito é muito chato de falar de vc, vou simplificar um pouco =p
Por que eu gosto de J A C Q U E L I N E S O A R E S ?
* Primeiro lugar, por que ela é minha confidente e amiga do PEITO (disso ela entende bastante);
* Por que ela ficava a uma cara fazendo conferencia pra gente resenhar até aaaaaltass da matina;
* Num posso esquecer de informar que ela faz MECATRÔNICA, uhauhauha da minha sala tá?! vamos nos formar juntos viu porra?! o SENAI vai ver que agente não é mole;
* Por ela ser muito gaiata e ficar apertando minha bunda e me mordendo xD espere que vai ter troco viu mulequinha?!
* Ela é uma torcedora do BAHIA incubada, huauhauhauha, diz que é vitoria so pra mim pirraçar;
* Fica enchendo meu saco na net, e ainda queima meu filme com as negas uhauhauhauhahua neH meu AMORRR?!
* Por ter uma barriguinha muito linda;
* Por que ela ODEIA tirar foto, por nunca sair bunita em uma. QUEM CONHECE SAB... vá sair bunita assim lá em casa =p ;
* Pow...o que mais gosto dela são as historias que nunca terminam e já ouvi mil e uma vezes huauhauha;
* E por mais um monte de coisa que não preciso citar xD
Então é isso meu amÔre...Só queria mostrar pra o povo o quanto você é importante em minha vida, e queimar seu filme CLARO, com esse gaiatos do orkut aew uhauhauhae

não esqueça: "TUDO NO FINAL DA CERTO"

e não leve a vida tão a serio xD
Te amo xD
Ueslei Neves

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Foi Amor?


Realmente não consigo entender...
- 'Eu te amo, sem você meu mundo pára!'
Momentos depois, posso dizer...dias... meses..
Tudo muda!
Nenhuma mísera palavra é dedicada a aquele amor único.
Como pode?
Como pode ter sentido aquele amor exagerado que tentava a qualquer custo expressar?
Não pode.
Nunca foi amor.
E ele foi hipócrita por apenas pronunciar essa palavra.
De um certo modo, muita infatilidade.
Há caminhos que não se cruzam, e não há porque tentar misturá-los.
Não há explicação plausível para a falta de consideração e além de tudo para falta de coragem de expressar da forma como queira o que necessite me dizer.
Ele não tem a maturidade suficiente de manter uma relação, imagine de terminar.
Há coisas na vida, que tem que ser vistas como passado, o que não impede que o futuro seja promissor ou não.
O que aconteceu, já passou..
E não há razão de continuar nessa falta de segurança pela parte dele..
Dessa privação de momentos que poderiam ser vividos, por minha presença.
Até porque pra mim tanto faz a dele.
Não me importa mais, e nem faz diferença!
Nem sei se a palavra certa é arrependimento, talvez surpresa por saber que ainda não aprendeu a lidar com fins.
Imagina se o nosso final fosse terrível.
Não foi um dos melhores, mas eu consigo lembrar e ao mesmo tempo fazer uma divisão correta do que se passou e do que virá, do que não volta e do que pode ser mudado, de como te tratei e de como posso e pretendo tratar.
Em hipotese nenhuma um sentimento tem o poder de anular o outro, apenas em casos extremos.
O que não foi o nosso caso.
Realmente, espero que você consiga amadurecer ao ponto de saber separar as coisas.
Porque querer que eu desapareça da sua vida e vira e volta me procurar são pólos opostos.
Decida-se e só me procure quando descobrir se me quer como amiga, já que as qualidades e defeitos vistos quando me conheceu não mudaram nem um pouco, Ou quando descobrir que fui um nada e que também não te acrescento em nada.
Só tenha certeza que qualquer das opinões formada por você não me afetaram em ,p,emtp algum!

=]



sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Saudade!


Esperei tanto tempo para acabar, e agora infelizmente o fim chegou!
O que pensava que seria um libertação, está se tornando um desespero...
Só vim me dar conta agora..
Me dar conta que não vou mais ter que beijar 40 pessoas pela manhã...
Que não vou mais ter que filar aula pra ficar ficar sentada no pátio, rodeada de pessoas maravilhosas e dando altas risadas.
QUe não vou ter mais que acordar cedo( pelo menos uma parte boa).
Que as pessoas que estou acostumada a viver mais do que com minha família, vão sair de minha vida de uma forma muito rápida.
Que além de todos falarem que não vamos nos separar, isso eh impossível e sempre cada um vai pro seu lado mais cedo ou mais tarde.
Não queria está pensando nisso...
Mas é quase impossível..
Está tudo tão pertooo..
Está deixando muitas saudades.
O que é um bom sinal.
Porque se deixou saudades é porque valeu a pena..
E com certeza valeu a pena passar 3 anos do lado de pessoas indescritiveis como a minha sala foi.
Vai me deixar muitas saudades.
Cada um contribuiu de alguma forma na minha vida.
Isso é muito importante pra mim.

Nunca esquecerei nem do 1ºO, nem do 2ºO e principalmente do 3ºH!

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

=/


Estou tão perdida..
Na realidade é medo de perder a oportunidade que estou tendo.
Não quero deixa-la passar..
Não posso deixar que ela fuja das minhas mãos..
Decpção é algo que não quero vivenciar..
Mas estou com tanto medo de mim decepcionar,
De decepcionar as pessoas que confiam em mim..
=/
Pra mim não está sendo fácil..
Tudo pra mim é novo..
Tudo pra mim é desconhecidoo..
Estou tentando me adaptar da forma mais rápida que posso.
Porém, estou tendo algumas dificuldades.
Prentedo superá-las..
Mas só em pensar que posso fracassar, uma onda de pessimismo toma conta de mimm..
EU quero tanto isso p mim..
P minha vidaaa..
E pretendo vencerr..
Me esforçar..
Tomara q consiga!

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Eu gosto..


Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio louca e alucinada.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio estudiosa e educada.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio amiga e carinhosa.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio intrometida e curiosa.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio descarada e sem vergonha.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio chata e bobona.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio cachaceira e abusada.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio quietinha e calada.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio inconstante e surpreendente.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio feliz e sorridente.
Eu gosto do meu jeito.
Do meu meio que encontrei para crescer.
Eu gosto do meu jeito.
Do que eu escolhi para viver!

sábado, 27 de outubro de 2007

Mudança!


É tão difícil admitir que mudei.
Admitir o que eu quis, não siginifica o mínimo diante do que eu quero hoje.
E mesmo assim, minhas atitudes continuam iguais as atitudes passadas.
Não me sinto no direito de querer mudar o que eu mesma impus.
Não me sinto no direito de querer mudar o que eu mesma aceitei sem discussões.
Mas, eu mudei.
Eu não sou mais a mesma,
Não sinto mais as mesmas coisas,
Não desejo o que eu antes desejava.
Meus planos se transformaram.
E eu não tenho culpa disso!

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

=x

Palavras cortadas.
Palavras pela metade.
Ninguém nunca fala tudo o que realmente pensa.
Ninguém nunca fala tudo o que realmente quer.
E se algum dia falar, se sentirá diferente.
Irá se contradizer em vários pontos antes citados, e demonstrará que não se conhece.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Limites...


Me sinto num estado lamentável.
E não é melodrama meu.
Não saber ter limites, é nada maravilhoso.
Experiência que supera esta, é por limites e ultrapassar esta barreira.
É difícil mudar.
É fácil falar que vai mudar.
Tudo o que eu quero é me livrar desse vicío.
Basta conseguir!

domingo, 12 de agosto de 2007

Esquecimento...


Somentes algumas coisas devem ser esquecidas.
Outras lembradas com facilidade.
Sei que tudo cairá no esquecimento novamente.
E isso me contradiz...
Não posso aceitar sua retórica que só servirá para me persuadir
Não tenho o direito de esquecer o sofrimento que passei por acreditar no que não queria, mas que de certa forma fui obrigada a acreditar, e acreditei
Ainda tinha um caminho a seguir.
Ainda poderia escolher
Fiz a escolha errada
E mais uma vez não cheguei onde pretendia
E novamente a memória selecionou alguns itens para serem lembrados com frequência.
Itens que não tive a opção de escolher.
Itens que foram escolhidos aleatoriamente da maneira mais precisa do mundo.
Itens esses, que fez com que esquecesse os momentos de dificuldade, de raiva, de opressão..
De tristeza e sofrimento.
Tentei acreditar em outras verdades.
Verdades essas que me pareciam reais.
Concretas.
Não as palavras medíocres que eram pronunciadas da sua boca.
Essas que só tomaram esse significado para mim, quando algum tempo passou.
E agora, cade a outra que tomou o meu lugar?
Cade a outra que te fez feliz?
Você me parecia tão bem.
Sofri tanto
Pra nesse momento vc tentar se redimir?
Você tentar fazer com que tudo que aconteceu caia em esquecimento?
Está na moda passar a borracha não é?
Só pode.
Infelizmente não é isso que desejo para mim.
Posso até está lutando por uma parte que me consome.
Não posso ter certeza da vitória.
Mas sei que possuo forças necessárias para superar essa pequena parte que me toma.
Não é uma retaliação contra você.
Não entenda assim.
É somente uma crítica explícita ao que me fez e um pouco de amor próprio.
Espero que meu autocontrole esteja realmente nas minhas mãos.
Dessa vez,
Quem vai ditar as regras será exclusivamente eu
Independente do rumo que esta situação tome.


sexta-feira, 3 de agosto de 2007

[♥]


Dona de pensamentos alheios.
Ahh...Tudo que desejo.
Curiosidade?
Talvez até demais.
Dona de pensamentos alheios.
Ah... Tudo que eu desejo.
Curiosidade?
Talvez até demais.



18:29:07
11/06/07

quinta-feira, 26 de julho de 2007

Acabou?

Não vou ser egoísta.
Não vou pensar apenas em mim.
Não.
Não cometerei os mesmos erros que você.
Não.
Não vou e nem quero fazer isso.
Vai.
Vaise vangloriar pela beleza dos outros.
Não posso dizer que não exista a interna, pois sou leiga no assunto.
Vai.
Vai ser feliz da maneira que você achar conveniente.
Não vou, não tenhodireito e nem poder para te impor limites e regrar sua liberdade.
Faz o que bem entender.
Segue o caminho que achar melhor.
Só espero que tenha plena certeza do que está fazendo.
Dessa vez não haverá volta.
E nem recomeços.
Apenas um fim.

sábado, 21 de julho de 2007

=/

Nem sei o que sinto.
Tristeza?
Acho que muito forte.
Raiva?
Não. Muito perigoso.
Estou insatisfeita com o que vem me acontecendo.
Talvez "decpcionada comigo mesma" seja a frase certa.
Não consigo ver meu erro.
Não consigo enxergar porque as coisas tomam esse sentido quando o assunto sou eu.
Nãosei o que acontece.
Quero descobrir.
Quero saber o porque disso tudo.
E quero mudar.
Sim.
QUero mudar o sentido que as coisas estão tomando.
Quero ficar satisfeita comigo mesma.
E para isso preciso dessa mudança.
E se o erro não estiver em mim?
Nesse casonão posso fazer nada.
A não ser aceitar.
Não entender.
Mas aceitar.
Estou esperando que tudo mude.
Estou esperando que alguém apareça.
QUe alguém me ajude nessa transformação.

=x

~*Vivo numa constante de sentimentos sobre distintas pessoas.
Não queria que fosse assim.
Não queria causar a impressão que não é a verdadeira
Não queria gostar de várias pessoas
Pode ser por medo de perder
Por medo de ficar sozinha..
Devo crer que sendo assim, sempre vou ter uma esperança.
Não queria que fosse assim.
Mas não luto pelo contrário.
Então, tudo permanece o mesmo.
É dificil lidar comesse turbilhão de emoções que me toma em determinados momentos.
Nãosei o que acontece.
E quando me dou conta, já me deixei levá-las por elas.
Impulso.
Pode ser o conceito para isso.
Talvez não.
Só sei que não há arrependimentos diretos.
E que também só queria te rum foco.
Um caminho.
Uma pessoa a quem eupudesse me doar sem medo..
Sem confusão.
Mas vou esperar..
Até que alguém apareça de algum lugar e me tenha por inteiro enquanto durar.

quinta-feira, 12 de julho de 2007

Esperança...


Aqueles olhos tristes e sofridos me demonstram ocontrário.
Falta de uma familia.
Falta de um brinquedo.
Falta de uma infância.
Falta de comida.
Falta de educação.
Falta de esperança!

quinta-feira, 5 de julho de 2007

=O

Dando voltas na minha cabeça...
Você não cansa de fazer isso??
Ando confusa
Ponto final?
Ponto de continuação?
Sempre que estou certa da atitude que tomar, você me oferece opções contrárias.
Meus pensamentos de contradizem
Porque não consigo terminar?
Porque quando me olha daquele jeito
Daquele jeito que você conhece perfeitamente
Eu não consigo dizer não?
Eu não consigo parar de pensar em nós dois?
A atração ultrapassa os limites que eu mesma coloquei
Como pode?
Como pode alguém ter esse poder de dominio sobre mim?
Eu não ocnsigo me controlar
Eu te queroo
Muitooo
Eu não queria te querer mais eu te quero
É o mesmo que lutar contra o passar do tempo
E sempre perder.
E admito a minha ausência de vitória quanto a isso
Logo eu?
Ainda não acredito que estou vivenciando isto
Aquela que se faz de durona, que dá conselhos, que finge não dar mportância a ninguém...
Você conseguiu...
Parabéns!
Arriscar...
Acontece a todo momento que estamos juntos
Eu arrisco a perca de vários elementos importantes pra mim, por você.
Infelizmente sem a sua percepção.
Ou com a sua percepção sem que eu perceba.
Um dia vou provar que posso te vencer
E o que hoje é impossível, vai ser realizado.


00:04
05/07/07

quinta-feira, 28 de junho de 2007

~*




Arrependimento...
Do que fez ou deixou de fazer..Mas sempre arrependimento.
Arrependimento...
Um certeza incerta.
Seria diferente?
Nunca saberá.
Passouu..E o que passa não volta.
Talvez, vivesse experiências diferentes. E tivevesse o mesmo final.
Uma possibilidade.
Caminhos...
Escolhas...
Opções...
Faço minhas escolhas e minhas escolhas me fazem.
Cuidado por optar por algum caminho.
Mesmo que o erro seja relativo, sempre alguém vê como erro.
Errar?
Nada vergonhoso.
Apenas uma experiência que talvez naum deva e não queira passar nunca mais passar.
Experiências...
Importância extrema.
Se erro, as tenho. Se acerto, também.
Ninguém pode tirá-las de mim.
Ninguém as tem como eu tive.
É única.
As vezes parecidas...
Porém nunca iguais.


12:07:08



27/12/06

terça-feira, 26 de junho de 2007

Medo...

Medoo..
Se iguala a um quarto escuro.
Medo...
Sentimento que inibe..
Sentimento que impede que se faça o que quer.
De repente uma coragem surge.
Não sei de onde...
E pronto..
Tudo está feitoo.
Entrar num quarto escuro, é descobrir o que tem lá dentro.
Do lado de fora, imagina o diabo...
Várias coisas medonhas...
E quando entra, descobre que não haviam motivos para ter medo...Pois nada havia lá dentro.
Medo de algo que não existe.
E se não entrasse no quarto, ficaria o medo e a curiosidade.
Nada bom
Na vida, se tem muitos quartos para enfrentar, e não adianta fugir.
Um dia se bate de frente com a porta do 'bendito' e o certo é meter a mão na maçaneta e encarar o medo.
Enfrentando, você entra e vê o que ele guarda.
Depois sai.
E o medo?
Esse ai fica lá dentro.

24/11/06
15:28:43

quinta-feira, 21 de junho de 2007

xD

Momentos de felicidade!
Perspectivas de que posso alcançar o que quero e tanto almejo.
Depois...
Logo depois...
Sei que o medo virá.
Medo de não conseguir o que tanto planejo.
O que tanto quero..
E o que realmente não vale a pena.
Não vou pensar no que está por vim.
Assim, se for de sofrer, sofrerei duas vezes..
E não quero por em risco os momento felizes que me aguardam.
Por isso, vou tentar...
Apenas tentar com a intenção de conseguir
Não planejar e nem esperar te ro preludio de nada.
Momentos de felicidade!

=]

terça-feira, 12 de junho de 2007

Constante mudança

Cada momento que passa
Mudeiii..
Sempre me acho estranha.
Agora, sou eu,
Depois me dou ocnta que outro alguém tomou meu ser.
Estado de espiríto?
Não.
Completa mudança.
A vida toma rumos diferentes em pouco tempo.
Sou assim.
É difícil me definir.
Não sei quem realmento sou.
Do que realmente sou capaz.
Se sei tenho memória seletiva...
Posso dizer pelo hoje,
Não pelo amanhã.
Comop poderia, se há constante metamorfose?
Estranho.
Pensamentos tranformados.
Não é agradável.
Me desmente a todo instante.
Vou lendo como um livro, minha vida...
Vejo o que escrevi, o que vivi..
E depois me pergunto:
Fui eu??
Só Deus sabe, pois foi quem escreveu.
21:19:31
10/06/07

domingo, 10 de junho de 2007

Just Try

Eu naum queriaa...Então nos beijamosss..
Eu não queria vc, mas eu quisss..E não sei explicar pqq..
Eu disse q isso estava indo rápido demaisse talvez eu não tenha mentidoo..
S eu fugir n vai dar certo, dessa vez eu tenho q ficar e espero q tdo fique bemmm..
Eu estou com pouco de medoo d onde isso pode nos levar...Até pq n sei s irei m acostumarr..
Juro q tenho tentado, MAS EU NAUM CONSIGOOO... eu n consigo gostar de vc..
E me julgo por isso..
M castigo...N sei s eh justo com nós doiss..Porem, esse tenha sido o único caminho q consegui enxergar..
Eu vou continuar por vc, qm sabe algo possa surgir??
Aii...tow sendo ingenuaa...Eu sei q nada pode surgir e fico msm assim criando possibilidades inexistentess..
Eu n keru maxucar ngmm..
Além de ter uma pequena certeza d q isso naum vai acontecer..
Quero chorarrr... Me refugiar nas minha lágrimass..
É o único caminho q consegui abrir e talvez não seja a melhor opção!
=/
09:28:26
22/05/2007