quarta-feira, 29 de setembro de 2010

~'. Falta de afinidade ou pré-conceito?

As vezes acho engraçado como por apenas um ato, uma demonstração, um momento qualquer passamos a odiar ou a gostar de alguém.
Existem pessoas que não tem o  mínimo de afinidade, seja por qualquer motivo.
Por não ir com a cara mesmo, ou achar metida, ou achar que está dando em cima do seu namorado, ou ter ficado com um ficante seu, ou por ter se esbarrado com você algum dia e ter achado que foi de propósito, ou até mesmo por não ter dado lugar ao velhinho no ônibus.
Tudo é motivo pra gente pré-julgar as pessoas. Fato!
E um dia qualquer, por causa de uma palavra usada, um ato bondoso em relação a alguém, você ter acordado de bom humor ou qualquer outra coisa, você passa a olhá-la por outro ângulo, de um jeito melhor.
E assim começa a tirar aquela primeira impressão ruim que tinha dela.
Pra mim, aquele ditado que diz: "A primeira impressão é a que fica!", não passa de uma mentira deslavada, uma baboseira.
Muuitas e muitas vezes, ela não permanece mesmo.
Isso porque o ser humano está acostumado a pré-conceituar as pessoas, o danado do pré-conceito que não some nunca.
Tipo, duvido que alguém diria que esse cara tatuado visto andando pelas ruas, fosse um médico conceituado e bem sucedido na sua profissão.
Basta um ponto sequer, pra termos uma má impressão de alguém.
E quando eu falo assim, eu generalizo. Porque ninguém foge de ser assim.
Mas as vezes é bom sabe?
Quando esperamos o pior de alguém e recebemos algo melhor, é bem gratificante.
Pelo menos pra mim, adoro ser surpreendida!
As pessoas nem sempre são o que mostram ser, ou nem sempre são o que você enxerga!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

~'. Selinho =D






~'. Regras do selinho:        
- Escrever o nome da criadora e quem te indicou.
- Escreva 5 sonhos que você deseja ardentemente que virem realidade:
- Indicar blogs que te fazem Sonhar! 


 ~'. Biih Dias  me dedicou esse selinho lindo, muito fofo da parte dela gente, e quem criou foi Tammy.

Meus sonhos, vamos lá.
  • Ser uma mulher bem sucedida na minha profissão.
  • Ter muitos momentos felizes com o amor de minha vida.
  • Ter dois filhos, um menino e uma menina.
  • Conseguir viajar pelo mundo.
  • Ter sempre a mão de Deus abençoando os meus atos e os meus caminhos.
Blogs que me fazem sonhar!
  • Biih Dias que tem um blog lindo.
  • A minha amiga Nessinha que cria texto dignos de se ler, de tão lindos e cheios de vida que são.
  • A Day Pinheiro =]
  • A Linda da Michele e dedico a Clarinha também...
  • Ao Guilherme quem sempre com seus textos que seria impossível narrar, me leva pra outro mundo.
  • E também a Amanda que já faz parte desse mundo de palavras e sentimentos.
Bom gente, é isso.




terça-feira, 21 de setembro de 2010

O homem dos seus sonhos!


Muitas vezes tentamos moldar o nosso parceiro, no modelo q queremos pra nós.
- Tudo seria mais fácil se ele mudasse.
- Porque você é assim?
- Não gosto quando ele age dessa maneira.

Fato.
Ninguém vai te agradar a todos os instantes de sua vida.
Não existe a pessoa perfeita que os filmes demonstram.
Se você gosta de uma pessoa, e ela gosta de você, terão q fazer concessões p q possam viver em conjunto. Concessões conjuntas e nem sempre totalmente proporcionais.
Mas é o preço q se paga pelo amor.
Não se pode insistir q um defeito visto ao nosso modo, seja excluído da vida do outro.
A mudança vem de dentro e muitas vezes é lenta.
É preciso paciência, compreensão!
E isso, as vezes se torna impossível eu sei.
Mas pra todo problema há uma solução, seja passageira ou não.
Não precisa colocar a pessoa q se ama, numa moldura a qual você já pré-moldou na sua cabeça.
A moldura ficará pequena, ou grande demais.
Sempre precisará de uns ajustes.
Precisa-se aceitar os defeitos e as qualidades se realmente um sentimento existe.
Algumas vezes apontando o q acha errado, e sempre expondo porque pensa dessa forma.
Talvez a pessoa mude por si só.
E essa é a melhor mudança.
Aquela na qual vc se senti satisfeito e recompensado pela pessoa estar tentando mudar por você, sem q você pressione, sem q você a obrigue a fazer aquilo.
As vezes você n consegue mudar a si próprio, como obrigar os outros a mudar?

Só estou dizendo q n existe o homem lindo no cavalo branco.
Ele vai te decepcionar, n só uma vez.
Ele vai fazer coisas que você n gosta.
Você vai sofrer por ele.
Descobrir segredos cabeludos.
Vai fazer promessas e n vai cumprir.
Vai te fazer imaginar as piores coisas, por ter te escondido uma bobagem.
Nem sempre te dará flores e nem sempre será o mais romântico.
Ele nunca vai conseguir ser tudo aquilo, sem tirar e nem por, o que você idealizou.

Sabe porque?
Porque ele é humano, e erra.
Mas tenha certeza, q se ele te ama de verdade.
Ele vai tentar desfazer e te recompensar por todos os erros q cometeu.

Quem ama, não desiste!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

~'. Inspiração do Essência

Tava passando pelo essencianoar,  e vi um texto tão lindo.
Um texto que leva dentro dele, um tema que adoro.

Experiências, tem coisa melhor?
=]
Elas são só nossas e podemos dividir com quem quisermos.
Elas são tão únicas, mas possuem similaridades com as alheias.
Se vivemos um momento bom, a temos.
Se vivemos um momento ruim também.
Costumo dizer, que não há nada melhor do que a experiência!
=]
Elas são o modo de enxegarmos que na vida, tudo tem um porpósito maior.
E que se olharmos a mesma porta, porém de forma diferente e otimista, vamos perceber que sempre ganhamos.
De uma forma ou de outra!

Tudo tem seu preço!
E muitas vezes vale pagar.

Resolvi postar o comentário que deixei lá.
=p 

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

~'. Seis primaveras

Ah...
Quanto tempo esse romance perdurou.
E eu que pensava que fosse apenas uma brincadeira passageira de 'primos' (de terceiro grau, vale ressaltar.=])
É, por algum motivo ainda estamos juntos.
Além dos encantos da juventude insistirem em desviar esse caminho único, os encantos serão quebrados.
E persistimos, e acreditamos que esse é o nosso caminho.
Por um motivo maior, por amor, por querer bem, por querer o outro como pai/mãe dos seus filhos, por querer o outro como marido/mulher.
Já se completam seis primaveras, desde aquela que quando minha atitude impensada e recompensada, resultou nesse jardim.
Ah, quanto tempo!
Me lembro como eu insistia em te deixar livre, como eu insistia em dizer que não gostava de você, como eu insistia em te arrumar paquerinhas, como eu insistia em voltar a ser apenas sua melhor amiga e confidente.

Quis nunca te ganhar, tanto que forjei asas nos teus pés... Ondas pra levar
Deixo desvendar todos os mistérios

Sei, tanto te soltei que você me quis em todo lugar
Lia em cada olhar quanta intenção
Eu vivia presa


Hoje vejo, que o que eu nunca quis mesmo, foi te perder.
Eu te amava, sempre te amei e no começo nunca soube disso.
Estava exposto na minha cara, nunca namorei com ninguém, não me apegava a ninguém, estava presa a você mesmo sem saber.
Só não sabia explicar, o que era aquela atração maluca que insistia em levar seus olhos pra minha boca, suas mãos pra meu corpo, meus dedos pra sua nuca, minha boca na tua.
Apenas não sabia explicar porque não conseguia resistir a você, porque não conseguia mais ficar perto, porém "separados".
Eu pensava que apenas era algo sem explicação.
E realmente é.
Um amigo meu me dizia: - Você ama esse cara, velho!
E eu: - Tá louco?? Você surtou néh, só pode? Se gostasse dele não arrumava paquerinhas pra ele. Se gostasse dele teria namorado quando ele me pediu dois dias depois que ficamos.
Vai entender o que se passava na minha cabeça.
Vejo os meus cadernos velhos de escola, e a todo momento essa música se repete:

Te tenho com a certeza de que você pode ir
Te amo com a certeza de que irá voltar, pra gente ser feliz!
Você surgiu e juntos conseguimos ir mais longe

Você dividiu comigo a sua história e me ajudou a construir a minha
Hoje mais do que nunca somos dois, a nossa liberdade é o que nos prende

Viva todo o seu mundo...Sinta toda liberdade...E quando a hora chegar, volta...
Que o nosso amor está acima das coisas desse mundo!!


É, sempre foi assim.
Nunca tive medo de o perder, e hoje me acho uma boba por pensar que isso possa acontecer.
Descobrir que dizer pra mim mesma que o amava, trouxe ciumes, sensibilidade excessiva, brigas.
Coisas que desprezo repulsivamente.
Ás vezes penso que o mundo consegue abalar o amor, se você deixa.
Eu o amava, vivia bem e gostava muito do jeito que vivia, além de acusações alheias que me eram direcionadas... tsc, eu pouco me importava e agora parece que as coisas se multiplicam.
As pessoas cobram do nosso relacionamento só porque agora é "exposto", mais que nós mesmos.
E isso nos leva a pensar e repensar, e as vezes passo a cobrar na mesma proporção que eles, que tola eu sou.

Seria tão bom se pudéssemos nos relacionar sem que nenhum dos dois esperasse absolutamente nada, mas infelizmente nós, a gente, as pessoas, têm, temos - emoções!
Caio.F. Abreu

Hoje, tudo é assim.
Mas nosso amor não desiste, as vezes até pára e pesa as acusações, mas logo vemos que pouco importa.
As vezes até brigamos, terminamos, mas quanto tempo duramos separados? Menos de um mês?
O que vale é o sentimento vivo aqui dentro.
O laço recíproco, e as diferenças compreendidas e respeitadas.
Esse laço que nos dá força para que os planos sejam realizados.
Esse laço que é feito de amor, paixão e bem querer.

Nem preciso dizer que teamo!


quarta-feira, 8 de setembro de 2010

~'. Frágil!

~'.Acordei fragilizada.
Angustiada.
Cheia de concatenações de palavras soltas por pessoas alheias e percebidas por mim.
Concatenações essas, que despertam sentimentos que deveriam estar indisponíveis no momento.
Sentimentos do qual tenho medo, tenho desprezo.
E sentimentos que eu possuo.
Infelizmente.
Eu quero menos ciumes!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

~'. A cama dos meus sonhos.

Ele viajou.
Estou dormindo na casa dele, naquela cama gostosa de se deitar.
Quando cheguei do trablho ontem, não deu tempo de encontrar ele em casa ainda.
Fui correndo, peguei carona, mas não teve jeito.
Se soubesse, iria direto ao aeroporto. Dar aquele beijo doce e gostoso de se receber.
Quando entrei no quarto pra dormir, sentir o perfume.
Não, senti seu cheiro pairando por todo o recinto.
Aquele cheiro que nem se eu quisesse, eu teria a capacidade de esquecer.
Deitei ali, e fiquei pensando.
Pensando no nosso casamento em 2015, em como serão nossos abençoados e esperados filhos. Em como será nossa vida.
A gente conversa tanto sobre isso. E nossos olhos brilham quando os planos vão sendo feitos.
Estou com saudade, mesmo com apenas dois dias que não o vejo.
Mas parece que a saudade cresce com a distância pra mim.
E assim, peguei no sono.
Um sono bom, cheio de sonhos, alem de rápido entrou em ação.
Realmente, a sua cama é a cama dos meus sonhos, e o sonho só fica melhor quando você está nela...
Junto comigo.
E assim há de ser por muito tempo.
Amém.


ps.: Parei pra ler, e vi como soou apaixonado esse post.
Além de não exteriorizar sempre, eu sei que sou uma apaixonada.
As vezes preciso escrever, pra não esquecer.

~'. Bons ventos, coisas boas...

E você acorda e percebe como as coisas mudam da noite pro dia.
E você levanta, abre os olhos e tudo começa a mudar.
Os sons fazem mais sentido pro seu ouvido.
As cores tomam uma nova mão de tinta, daquelas de ótima qualidade.
E tudo começa a seguir o rumo que já deveria estar em andamento.
O rumo que você sempre achou que já deveria estar seguindo.
E finalmente, você percebe que algo vem pra te completar.
Que algo começa a fazer parte da sua vida, essa sensação que você sempre queriaa.
Você se sente realizada.
E essa realização esta fluindo na minha vida, e estou disposta a que seus sons ultrapassem o nível que meus ouvidos possam ouvir.
É essencial pra vida de qualquer um, se sentir vivo, útil, uma peça que chega pra terminar o quebra-cabeça incompleto.
É uma sensação boa.
Algo maravilhoso de se sentir.
Quando alcançar essa auto-realização não há o que me deixe em estados lastimáveis.
Estou passando a acreditar em mim, e embora pareça que isso já deveria ter acontecido e realmente possa ser que já existisse dentro de mim.
Mas agora, está exposto pra quem quiser ver.
Dias melhores virão.
Posso sentir o cheiro a cada passo que dou pra frente!

ps.: Saudade de meu amor, que a viagem seja breve. Nem um adeus pude dar!