terça-feira, 7 de abril de 2009

Corte profundo..


E chorava feito uma criança. Como a muito tempo não acontecia.
Nem ao menos começava a falar e os soluços interrompiam as palavras, cortando-as ao meio.
Uma onda de raiva tinha me levado ao fundo. Era um misto de humilhação, falta de reciprocidade e arg!
Me rejeitaram, me humilharam, pisaram no meu calo de forma dolorosa, e isso tudo me tocou profundamente. Chegando ao ponto de meus olhos transbordarem de água a todo instante.
Porque logo eles?
Porque logo umas das pessoas que mais prezo, amo e defendo tem a capacidade de me humilhar daquele jeito?
Porque logo eles conseguiram me fazer sentir tão inferior?
Me fizeram relembrar um choro tão sofrido, tão passado?
Me deram um corte, e não foi superficial.
Alguma coisa explode dentro de mim.
Mas me conforta saber, que quem tem como pagar, nunca fica me devendo.
Porque eu não sou meramente, o que tentaram fazer com o que eu fosse!

Nenhum comentário: