terça-feira, 14 de junho de 2011

~'. Querer

~'. Perdida entre os desejos mais fieis.
A sombra da dúvida ainda enche o espaço que nos separa.
E nos faz pensar se esse é mesmo o caminho certo.
E quando todo aquele pesadelo parece ter fim, as lembranças sempre voltam pra te angustiar, sacudir, remexer... trazendo com ela a bendita esperança que até agora tinha sido dada como morta.
E essa esperança, de que tudo dê certo, que tudo se encaixe, que tudo aconteça, não me deixa.
E quando eu a deixo, alguém vem correndo me tratar de lembrar e me força a reconquistá-la.
A esperança volta com uma força incalculável.

Eu realmente acredito em tudo que diz estar passando, em toda essa confusão, angústia guardada aí dentro.
Mas quando a raiva me toma, eu só procuro demonstrar força e orgulho.
E na realidade não é isso que prevalece, eles existem, mas o meu amor se sobrepõem.
E esse amor que me toma totalmente, deixa bem claro o meu querer.
O querer que inventei pra mim!
O querer que é meu.
Eu sei bem o que quero, e quando se sabe das coisas, fica bem mais fácil resolvê-las.
E vamos sim tentar resolver, vamos sim dar continuidade a algo que nunca deveria ter sido interrompido, vamos sim viver juntos, vamos sim nos amar.
E acima de tudo, provar pra nós mesmos que podemos sim viver em paz, com harmonia e amor!
É isso que eu quero...

2 comentários:

Krollll disse...

acreditar que vai dar certo é tão assustador, quando vem as lembranças do pq de ter interrompido oq era tão lindo.
Tô nessas. Numa fase assim.
E tô me cagando de medo de que as dúvidas prevaleçam.

Bih Dias disse...

E o querer sempre fala mais alto. Mas alto que a razão (nossa e dos outros). Mas quem vai saber quem tem a razão: a própria razão ou o coração? Hã? rsrs

Lindas palavras, como sempre ;*