segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Apenas meu amigo!


A tranquilidade parece ter me tomado hoje.
Uma esperança está brotando.
Esperança essa, que me faz acreditar que o que está acontecendo faz parte.
Que não adianta querer lutar contra os fatos.

Não quero e não vou mais agir como se soubesse o que vai acontecer num futuro próximo.
Tudo que podia fazer, já foi feito.
Fiz de tudo pra você perceber, que era eu.

Não quero agir como uma impulsiva, que quer que tudo volte ao normal em fase de segundos.
Até porque eu odeio ser assim.
Já chega de ficar me lamentando por algo que não tem sentido.
Por algo que não vale a pena.

Em momento algum poderá me julgar por ter desistido, pois suportei até demais.
Todas as palavras que nunca imaginei que pudesse citar a mim, todos os gestos e atitudes indevidos, nojentos e infantis. Realmente me tocaram profundamente.

Além de tudo, não consigo agir assim.

Não posso meramente apagar da memória lembranças maravilhosas que temos...
Não posso meramente esquecer do sentimento que havia antes de tudo isso vir a tona.
Não posso meramente obstruir o caminho da nossa amizade, que pra mim, vale mais do que qualquer coisa.
Não posso meramente fingir que não sei quem você é, mesmo depois de tudo.

Eu sei que tudo tomará o rumo certo.

E não esquecer da nossa amizade a um tempo atrás, nossa cumplicidade, nosso amor, nossa capacidade de sempre estar disposto a ajudar o outro, nossas conversas, nossas risadas... é que me dá forças pra te esquecer de vez, e te ter como apenas meu amigo.

Amigo esse, que sinto uma falta imensurável atualmente.


"Eu sei é um doce te amar
O amargo é querer-te pra mim
Do que eu preciso é lembrar, me ver
Antes de te ter e de ser teu, muito bem!!"

2 comentários:

Janete Andrade disse...

já dizia mario quintana ' a amizade é um amor que nunca morre. ', e amizades assim permanecem sempre dentro de nós... *-*

:*

O Profeta disse...

Atravesso o céu em sonhos
Três aves do mar, três raios de sol, três punhais
Seguem-me apontados à solidão
Ah este vento que sopra nos brandais


Vem partilhar comigo uma história real



Mágico beijo