quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

-' em minha companhia

-'. Não sei o que me toma...
Uma felicidade exarcebada sobressalta do meu peito. Nunca imaginei que depois de um corte de laços com umas pessoa que amo tanto, eu fosse ficar assim, de bem com o mundo, feliz por estar em minha agradável companhia.
Estou me realizando no trabalho, e isso está elevando minha estima as nuvens.
Estou leve, feliz, contente...
Esse novo ano que está batendo na porta, promete muita coisa boa pra mim.
Sabe quando você sente que está bem e que tudo só tende a melhorar?
Me sinto assim.
Quero que esse ano termine logo, que vire essa folha da minha vida e termine de escrevê-la.
Quero novas palavras, novas formas de escrever, novas histórias, ou as mesmas que foram marcantes, contadas de forma diferente.
Eu quero viver.
Estou viva!!
Nunca me senti tão completa, além de meu lado sentimental estar a margem ultimamente.
Mas ainda assim, pouco me importa.
Só quero fazer por merecer as coisas boas que virão e desfrutar tudo da melhor forma.
Só quero poder parar e ver o pôr do sol, ver o mar pela manhã.
Só quero andar no ritmo que me for conviniente.
Só quero aproveitar minhas experiências e tentar vivê-las com o máximo de sutileza.
Só quero parar e ver que eu sou maravilhosa, que minha companhia é incomparável.
Só quero desfrutar dessa vida que me deram, para realizar atos que somem, que marquem, que tomem a forma da vida.
Só quero meus momentos bons, e os ruins saber manobrar para que eles não se repitam.

Eu realmente estou numa fase única.
A realização toma forma em mim.
Eu sou a realização em pessoa neste momento!

Nenhum comentário: