Pular para o conteúdo principal

~'. Memória seletiva

~'. Sou do tipo que vai do céu ao inferno em segundos.
Me estresso e aquilo acaba com parte do meu dia.
Não me esconda nada, odeio surpresas inconvenientes.
O meu jeito não supera ser a última a saber de tudo.
Mesmo que as coisas voltem ao normal, de forma latente aquilo passa a conviver comigo.
O pensamento me persegue e a cada passo mal dado tudo vem à tona.
Não consigo esquecer completamente de nada.
Os acontecimentos se apoderam de mim com certa veracidade e força, e eu não tenho como fugir.
O que se fazer?
Acreditar na mudança prometida?
Ou achar que tem coisas que não mudam?

Comentários

Biih Dias disse…
É você sabe realmente o que se passa comigo. Sou assim mesmo: vou do céu ao inferno num segundo.
Muito obrigada pelo seu apoio, minha linda!

Xêro
Júuh . disse…
"O pensamento me persegue e a cada passo mal dado tudo vem à tona."

E quando isso acontece, o medo bate à minha porta...

Lindo blog flor, te seguindo!
Beeijos
.Intense. disse…
Quero esquecer completamente. E sei que nunca esquecerei. (Caio F.)


a gente nunca esquece, quem diz isso é mentira. mas dizer tb que existe uma fórmula, uma resposta pronta...eu não creio que exista. ontem ainda eu vi um filme que, uma pessoa pergunta 'e como eu vou saber que vc não vai mesmo me machucar?' e o outro responde 'não vai'. já passei por isso, e ouvi a mesma resposta. verdade é que não tem como saber. a decisão a tomar, acreditar ou não acreditar tem que ser a que nos interessa. a que nos basta. a que basta a VOCÊ. é uma decisão pesada demais para debitar aos outros. quem pagará por ela, bem ou mal...é só você.

Chances nós não damos para as outras pessoas, damos a nós mesmos. Qdo vc sabe que o sentimento é bem maior que o erro, do que a mancada, daí você dá uma nova largada. Vc é quem precisa daquilo ou daquela pessoa de novo, não está dando uma chance por ela, mas por vc mesmo. (Camila Heloise)


...
vim correndo qdo vc disse que queria um palpite. mas acho que não ajudei...
:(
:*

Postagens mais visitadas deste blog

~'. Meu amor...Mais um ano.

A dimensão da sua importância na minha vida é nítida, pra mim, pra você e pra todos que nos rodeiam.
Esse dia é muito especial pra mim, como sei que é mais que especial pra você também.
Não sabe como fico feliz, por mais um ano em sua vida.
Por mais 365 dias desfrutando ativamente de sua vida, e você da minha.
Espero que tenha aprendido ou que comece a entender, o que é importante pra você e o que não é nem tanto. Que aprenda a dar o verdadeiro valor na dose certa ao que você tem que dar valor.
Mais um ano de experiências, que espero que sejam bem aproveitadas e que realmente sejam chamadas de EXPERIÊNCIAS, que você possa ter aprendido e que apenas repita futuramente o que for bom e o que te traga sucesso.
Sucesso, esse eu te desejo aos montes. =)
Sonho em te ver formado, homem feito, feliz e bem sucedido.
E com um pouco de modéstia espero me ver ao seu lado, também formada, mulher feita, feliz ao seu lado e é claro, bem sucedida.

Que DEUS tire todas as pedras do seu caminho e sempre…

~'. O bendito do ciúme

~'. Ciúmes...
Esse sentimento precisa ser tratado, lapidado e quando alguém descobrir como se faz isso por favor, me avisa!
A mulher precisa ter segurança, de se sentir a dona da situação.
Os homens acham que só pelo fato de estar namorando, casado ou em algum relacionamento, já provou pra ela que pode ter toda a segurança do mundo.
Mas esquecem que mulher precisa se sentir segura sempre e sempre.
Precisa se sentir amada, precisa ouvir que é amada.
Odeio ciúmes, odeio de todo meu coração.
E me revolto com quem me faz sentir esse troço que só traz dor.
Como eu li um dia desses: " Homem tolo é aquele que faz sua mulher sentir ciúmes, homem sábio é aquele que faz sua mulher ser invejada..."
E disso, eu tenho certeza!

Sim...

~'. Eu amo. É aquele sentimento intenso que me preenche nos dias de chuva, desânimo e tristeza. Nos dias de SOL, coragem e alegria. Ele me preenche sempre, desde o dia que tive certeza que era amor. Passou a ser mais intenso, quando concluí que era recíproco. E é essa tal de reciprocidade que amplifica esse turbilhão de emoções que sinto cada vez que te lembro, que te vejo, que te beijo, que te amo... Eu amo sim.