quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

-'. sintonia!

,-' . Eu não sei explicar o que realmente se passa na minha cabeça quando ele me olha daquele jeito.
Ele alcança meu inacessível, ele encontra o que eu não sabia que existisse dentro de mim.
Ele meche com meus hormônios, brinca e os deixa mais alvoraçados do que tudo.
Eu só preciso olhar, só preciso sentir o que aqueles olhos querem me dizer e deixar que penetrem pelos meus para que tudo aconteça.
É algo que só pode ser sentido, não há explicação.
A culpa toda é desse laço que parece não terminar, que parece não desatar nunca.
Desse laço que atrai meu corpo para o dele, que uni dois corpos num só, esse laço que me faz perder os sentidos só de pensar.
Ele guarda tudo que tenho de mais quente, ardente, de mais sensual e concreto que eu possa ter.
Sua mão na minha, minha boca em seus lábios, meu corpo em seus olhos, seus desejos no meu pensamento, meu eu nele, sintonia total.
É algo difícil de resistir, algo ao qual não queremos resistir.
Quando ele me toca, posso sentir seu gosto, posso sentir sua energia, posso sentir seu desejo cheio de sede de mim, sempre como se fosse a primeira vez.
Os arrepios começam a fazer parte do meu corpo, o desejo não pode ser mais guardado e sai em forma de explosão mesmo. As palavras saem naturalmente, as mãos correm naturalmente.
Perco meus sentidos, e não há outra alternativa a não ser me entregar a esse ... a esse único que tem a capacidade de me deixar nesse estado.
E nada mais faz sentido, apenas quero que me sinta e que possamos sentir nosso prazer, em mim... em vc!

Nenhum comentário: