Pular para o conteúdo principal

-'.

-'.Sou chata, irritante, ignorante, irônica e o que mais mereça que eu seja.
Mas não sou burra, nem mentirosa e nem sempre sou tão ruim, caso mereça isso.
Possa ser que seja boba, muitas vezes não veja maldade em tudo.
Mas eu não esqueço nem o bem e nem o mal que fizeram a mim, posso até ser benevolente e perdoar.
E quando perdoo, é de coração.
Posso até equilibrar o bem e o mal que me fizeram, numa tentativa inútil de esquecer.
Mas não esqueço.
Odeio fazer papel de boba... Odeio que me escondam algo, quando todo mundo já sabe e eu era a primeira que deveria saber.
Odeio esse ar de superioridade, de cinismo, de ironia.
Acho que a ironia é contagiosa, pois ando com a ironia nos lábios como uma tentativa vã, de submergir toda minha raiva, minha indignação, minha falta de paciência.
As vezes isso funciona aos olhos de quem está do outro lado, mas hoje vejo que a ironia não é nada mais do que esconderijo.
Um esconderijo para que se sinta melhor, uma esconderijo para quem procura alívio.
De esconderijo, ela não possue nem um fio dos cílios, a ironia não passa de um vidro transparente, no qual todos podem enxergar o lado oposto, basta uma forcinha qualquer.
No qual se vive de aparências que muitas vezes enganam aos outros, mas aparências que não conseguem enganar a nós mesmos, basta viver pra saber.
Ele vive de ironia, e descobrir que ele pode se encontrar na mesma forma que eu me encontro hoje.
Descobrir que ele sente e tenta esconder, que ele chora e vem submergindo as suas lágrimas.
Possa ser que sim, possa ser que não.

Comentários

Crista disse…
Creio que todos não aguentam quando....
...todo mundo já sabe e eu era a primeira que deveria saber.
Mas infelizmente é isso que geralmente acontece!
Uma coisa é certa. Quem é demasiadamente ironico, acaba se tornando falso. E pessoas falsas, nao nos trazem benefico algum. Analise bem, fatos e fotos!
Um abraço, e obrigado pela visita. Sera sempre bem vinda.
Por Lawrence Tayller

Postagens mais visitadas deste blog

Sim...

~'. Eu amo. É aquele sentimento intenso que me preenche nos dias de chuva, desânimo e tristeza. Nos dias de SOL, coragem e alegria. Ele me preenche sempre, desde o dia que tive certeza que era amor. Passou a ser mais intenso, quando concluí que era recíproco. E é essa tal de reciprocidade que amplifica esse turbilhão de emoções que sinto cada vez que te lembro, que te vejo, que te beijo, que te amo... Eu amo sim.

~'. O bendito do ciúme

~'. Ciúmes...
Esse sentimento precisa ser tratado, lapidado e quando alguém descobrir como se faz isso por favor, me avisa!
A mulher precisa ter segurança, de se sentir a dona da situação.
Os homens acham que só pelo fato de estar namorando, casado ou em algum relacionamento, já provou pra ela que pode ter toda a segurança do mundo.
Mas esquecem que mulher precisa se sentir segura sempre e sempre.
Precisa se sentir amada, precisa ouvir que é amada.
Odeio ciúmes, odeio de todo meu coração.
E me revolto com quem me faz sentir esse troço que só traz dor.
Como eu li um dia desses: " Homem tolo é aquele que faz sua mulher sentir ciúmes, homem sábio é aquele que faz sua mulher ser invejada..."
E disso, eu tenho certeza!

~'. Eu só sei que é amor!

~'. Ás vezes paro e penso: " Como duas pessoas, dois mundos completamente diferentes, se suportam por tanto tempo?"
Pois é, se completam 7 anos desde a primeira vez que nossas bocas se beijaram pela primeira vez.
Fazem 7 anos que um sentimento novo surgiu e nos proporcionou um comportamento bem além do que velhos amigos e confidentes.
Nos tornamos mais que isso, concatenamos mais um significado na nossa relação - amantes.
Nos amamos desde o começo, mesmo que eu sempre dissesse que não.
Nos amamos desde o começo, mesmo que todos ao nosso redor não enxergassem.
Nos amamos desde o começo, mesmo que nos comportássemos de uma forma estranha aos nossos olhos e aos olhos alheios.
Sempre foi amor desde sempre.
As dificuldades chegaram...Os problemas vieram... O circo fechou... Tudo se deu como acabado... Tudo retornou a seu devido lugar... E hoje estamos aqui, juntos além de tudo que tivemos que superar.
Nada foi em vão.
Eu mudei, você mudou, nosso relacionamento mudou e com cer…